Quase de três mil pessoas estão desabrigadas ou desalojadas no Estado do Rio

RIO DE JANEIRO ¿ Quase três mil pessoas estão sem moradia no Rio de Janeiro em função das fortes chuvas que têm atingido o Estado nos últimos dias. Segundo o levantamento da Defesa Civil estadual divulgado nesta segunda-feira, 2.050 pessoas estão desalojadas e 819 estão desabrigadas. Ainda de acordo com o órgão, os municípios de Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, e Rio Bonito, nas Baixadas Litorâneas, são os mais afetados pelas chuvas.

Redação |

Acordo Ortográfico

Neste domingo, o secretário estadual de Saúde e Defesa Civil, Sérgio Côrtes, decretou situação de emergência em cinco áreas do município de Campos dos Goytacazes. Segundo a Defesa Civil municipal, foram registrados em novembro mais de 500mm de chuva, o que corresponde a 243% acima da média mensal e um volume recorde nos últimos 40 anos.

Ainda em Campos, o rio Ururaí subiu três metros acima do nível normal e a ponte que passa sobre o córrego foi parcialmente interditada. Por medida de segurança, a Defesa Civil municipal liberou na ponte somente o tráfego de carros de pequeno porte. Os caminhões devem seguir pela Estrada dos Ceramistas. Na região de Ururaí, cerca de 1.100 famílias estão desalojadas ou desabrigadas.

Segundo a Defesa Civil de Campos, a área da Lagoa de Cima também sofre com as chuvas. Aproximadamente 200 km² da região estão inundados, deixando o local praticamente isolado. Ontem, o Corpo de Bombeiros teve que usar helicóptero para entregar 14 toneladas de roupas e alimentos às vítimas.

Outros municípios

Além de Campos, outros cinco municípios continuam em situação de emergência. São eles: Carapebus, no norte fluminense, Silva Jardim e Rio Bonito, nas Baixadas Litorâneas, Paracambi, na Baixada Fluminense, e Barra do Piraí, no Vale do Paraíba.

Ontem, mais cinco casas desabaram no bairro Boqueirão, em Rio Bonito. O acidente destruiu alguns cômodos das residências, mas as pessoas estavam na sala, que não foi atingida. No mesmo dia, outras 11 casas foram interditadas no mesmo bairro.

Leia mais sobre: chuvas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG