Qualidade da areia melhora em praias do Rio

A qualidade da areia de 14 praias do Rio melhorou, segundo o boletim divulgado hoje pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMAC), mas trechos populares entre cariocas e turistas - parte de Ipanema, Arpoador e Praia Vermelha, na zona sul - foram classificados como impróprios. No total, seis praias foram consideradas não recomendadas, devido à alta concentração de coliformes e da bactéria Escherichia coli, que indicam a presença de lixo e fezes na areia.

Agência Estado |

De acordo com o boletim, nove praias receberam a melhor classificação (ótima), com menos de 10 mil coliformes por 100 gramas de areia. No boletim anterior, publicado no dia 2 de fevereiro, apenas dois pontos obtiveram essa avaliação.

A SMAC creditou a melhora à fiscalização da prefeitura contra a presença de cães nas praias. Segundo a secretaria, o grande movimento em alguns trechos durante o verão não aumenta o risco de contaminação da areia.

"As praias do Rio têm sido muito utilizadas neste verão, até mesmo à noite, mas nós não consideramos isso um problema. O uso errado da praia é que faz mal", disse Vera Oliveira, gerente de monitoramento ambiental da SMAC.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG