Veja os quadros que foram roubados." / Veja os quadros que foram roubados." /

Quadros recuperados voltarão a ser expostos na Estação Pinacoteca

SÃO PAULO - Após serem roubadas da Estação Pinacoteca, na região central da capital paulista, em junho deste ano, as quatro obras recuperadas voltarão a ser expostas a partir desta terça-feira. http://ultimosegundo.ig.com.br/cultura/2008/06/12/veja_os_quadros_que_foram_roubados_da_pinacoteca_1356413.html target=_topVeja os quadros que foram roubados.

Redação |

De acordo com a assessoria da Pinacoteca,  ainda não sabe se os quadros serão colocados no mesmo lugar onde estavam quando o roubo aconteceu. Segundo a instituição, novas medidas de segurança foram implantadas.

Os quadros "Casal" de Lasar Segall, "Mulheres na janela" de Di Cavalcanti e os dois quadros de Pablo Picasso, "O pintor e seu modelo" e "Minotauro, bebedor e mulheres", serão reintegrados à exposição "Acervo da Fundação Nemirovsky: o olhar do colecionador", com cerca de cem obras da Fundação José e Paulina Nemirovsky.

A exposição seria finalizada neste mês de agosto, mas com a recuperação das obras, o encerramento foi adiado para o dia 5 de outubro.

O roubo

Por volta da 12h, do dia 12 de junho, quatro homens, um deles armado, invadiram a estação e roubaram quatro quadros. As obras, que pertencem à Fundação José e Paulina Nemirovsky, estavam expostas no segundo andar do edifício.

Imagens do circuito interno mostraram que os ladrões não tiveram dificuldades para levar as obras. A  Estação Pinacoteca, localizada próxima à Cracolândia, não tinha sistema de alarmes, nem detector de metais.

Estação Pinacoteca

A Estação Pinacoteca é um local de exposições mantida pelo governo do Estado de São Paulo. Fica localizada no centro da cidade, no bairro da Luz, ao lado da Sala São Paulo e da Estação Júlio Prestes.

O prédio foi inaugurado em 1914. Antes de se tornar um espaço cultural, o prédio pertenceu à administração da Estrada de Ferro Sorocabana.

Durante o período da ditadura militar, o local se tornou sede do Departamento de Ordem Política e Social (Dops), para onde eram mandados os presos políticos.

Atualmente, é um espaço ligado à Pinacoteca de São Paulo.

Leia mais sobre: Estação Pinacoteca

    Leia tudo sobre: estação pinacoteca

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG