Quadrilha rouba dinheiro de banco por túnel no CE

Ao iniciar o expediente de hoje, funcionários do Banco do Brasil (BB) de Quixadá, no sertão central cearense, descobriram que o caixa forte havia sido arrombado e boa parte do dinheiro levada por meio de um túnel. Não houve reféns, nenhuma bala chegou a ser disparada e ninguém foi preso.

Agência Estado |

O modus operandi do roubo foi igual ao usado no furto milionário do Banco Central (BC) de Fortaleza, em agosto de 2005, quando um consórcio de quadrilhas levou R$ 164,7 milhões da agência. Assim como no caso do BC, os ladrões agiram durante o final de semana.

Nem a assessoria de imprensa do BB nem a polícia cearense divulgou o montante levado. De acordo com a assessoria do BB, a instituição só poderá se pronunciar depois que os técnicos de segurança do banco, que foram ao local, voltarem para Fortaleza. Peritos do Instituto de Criminalística, da Secretaria de Segurança, e da Polícia Federal (PF) também estiveram na agência. A PF quer saber se existe alguma relação entre os envolvidos neste furto e o do BC.

Segundo o delegado Jairo Pequeno, que acompanhou o caso, os ladrões alugaram um imóvel a duas quadras da agência, onde montaram um lava-jato. Foi de lá que partiu o túnel. "Não precisaram cavar muito, pois eles aproveitaram a galeria pluvial", disse o delegado.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG