RIO DE JANEIRO - O Delegacia de Repressão à Armas e Explosivos (DRAE) prendeu na noite de quinta-feira uma quadrilha que usava radiotransmissores e computadores portáteis para monitorar helicópteros e viaturas da polícia durante ações.

Acordo Ortográfico

Os quatro integrantes da quadrilha foram presos por associação ao tráfico, já que os homens monitoram as operações da polícia para impedir que traficantes fossem encontrados.

De acordo com a Polícia Civil, a quadrilha foi investigada durante os últimos quatros meses. Com radiostrasmissores e computadores portáteis os acusados acompanhavam o trajeto dos carros e helicópteros da polícia desde a saída para início das operações.

A quadrilha mantinha uma base na região da Avenida Brasil e um dos integrantes era responsável por avisar os traficantes da zona oeste sobre o posicionamento aéreo e terrestre das unidades da polícia.

Leia mais sobre: tráfico no Rio de Janeiro

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.