Bandidos atuam no interior do Estado. Para deter os criminosos, a Polícia Civil organizou uma força-tarefa

Uma quadrilha está desafiando a polícia do Maranhão com uma série de assaltos a bancos no interior do Estado. Duas agências foram assaltadas, do mesmo jeito: os bandidos fazem o vigilante do banco como refém e depois explodem os caixas eletrônicos. Para deter a quadrilha, a Polícia Civil criou uma força-tarefa.

O primeiro assalto ocorreu na cidade de São Domingos do Maranhão, na madrugada de sexta-feira. Desta agência, a quadrilha levou aproximadamente R$ 3 mil, de acordo com o banco. Na madrugada de domingo, o assalto aconteceu na cidade de Zé Doca. A polícia não tem números oficiais, mas estima-se que o valor roubado possa chegar a R$ 200 mil. As duas agências ficaram completamente destruídas. Em São Domingos, essa foi a segunda vez em menos de dois anos que a mesma agência é alvo de uma ação desse tipo.

Pela investigação da Polícia Civil do Maranhão, provavelmente esses crimes foram provocados por uma quadrilha pernambucana, envolvida com outros assaltos a bancos no país. A polícia também acredita que esses crimes estejam ligados com um assalto ocorrido no ano passado, no qual uma empresa de mineração da região central do Maranhão teve seus explosivos roubados. Até hoje, a polícia não tinha pistas dos autores desse crime.

Após a explosão dos caixas eletrônicos dessas agências bancárias, homens do Grupo Tático Aéreo (GTA) e do setor de inteligência da Polícia Civil do Maranhão estão na região Central do Maranhão, participando das buscas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.