Qatar: tapete de pérolas destinado ao túmulo de Maomé irá a leilão

Um tapete ornado de pérolas, que teria sido tecido na Índia há mais de cem anos e destinado a enfeitar o túmulo de Maomé, será levado a leilão na noite desta quinta-feira no Qatar.

AFP |

O tapete de pérolas de Baroda teria sido encomendado pelo marajá de Baroda que queria levá-lo para a sepultura do profeta, situada na cidade santa muçulmana de Medina (Arábia Saudita), segundo o site da casa de leilões Sotheby's.

O marajá morreu antes de fazer a doação e o tapete ficou na família.

O lance inicial será de cinco milhões de dólares.

O tapete tem incrustadas cerca de dois milhões de pérolas naturais do Golfo, acrescenta a Sotheby's.

Havia sido mostrado em 1902 e 1903 por ocasião da grande exposição de Délhi, sendo traferido depois a Mônaco. Foi novamente exposto em Nova York, em 1985.

bur-ak/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG