PT vai apresentar propostas para Sarney antes de definir posição

O Partido dos Trabalhadores (PT) se reuniu nesta noite e resolveu apresentar, nesta quarta-feira, uma série de propostas ao presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), antes de definir se apoia ou não o dirigente da Casa. De acordo com o líder da sigla, Aloízio Mercadante (SP), a criação de uma comissão para propor a reformulação administrativa e a elaboração de uma espécie de Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) para o Senado vão ser pontos abordados.

Severino Motta, repórter em Brasília |

Aloízio disse que essa comissão vai ser auxiliar à Mesa Diretora e formada por servidores e senadores respeitando a composição dos blocos da Casa. Ela seria responsável pela elaboração de um plano de completa reformulação da Casa.

Mercadante também disse que a bancada vai propor a Sarney a criação de uma espécie de Lei de Responsabilidade Fiscal com o objetivo de reduzir gradualmente o custeio da Casa e a folha de pagamento dos servidores.

O PT também quer acabar com o Instituto Legislativo Brasileiro, com o sistema de Integração dos Legislativos (Interlegis) e com o sistema de plano de saúde no Senado. Temos de reconstruir a instituição, disse Mercadante.

O líder ainda disse que respeita a posição do presidente Lula, que defende a permanência de Sarney no posto, mas que a bancada não vai ser guiada pelo Palácio do Planalto. O PT deve se reunir com o presidente do Senado na manhã desta quarta-feira e definir a manutenção ou não do apoio às 14h.

Leia mais sobre José Sarney


    Leia tudo sobre: ptsarneysenado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG