militar contra o aborto - Brasil - iG" /

PT suspende deputados por militar contra o aborto

Rio de Janeiro, 18 set (EFE).- O PT suspendeu provisoriamente os direitos partidários de dois deputados por militarem contra o aborto.

EFE |

A sanção foi aprovada ontem à noite por unanimidade pelos membros da Direção Nacional do partido e justificada hoje em comunicado divulgado em sua página na internet.

A direção do partido determinou que o deputado Luiz Bassuma não poderá gozar por um ano de seus direitos partidários, como o de votar ou ser eleito para cargos diretores, enquanto que a sanção será de apenas 90 dias para o deputado Henrique Afonso.

Segundo os dirigentes do partido, ambos infringiram a ética partidária ao "militar" abertamente contra uma resolução do III Congresso Nacional do PT que apoia a descriminalização do aborto.

EFE cm/ma

    Leia tudo sobre: pt

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG