PT prepara chapa em SP com Mercadante e Marta

O PT tem pronta a composição de sua nova chapa para a eleição em São Paulo, enquanto aguarda para enterrar definitivamente o projeto de lançar o deputado Ciro Gomes (PSB) ao Palácio dos Bandeirantes. Quase certo de que Ciro vai recusar o convite para sair candidato no maior colégio eleitoral do País, o partido bateu o martelo no nome do senador Aloizio Mercadante (SP) para disputar o governo paulista.

Agência Estado |

Já a candidata ao Senado será a ex-prefeita de São Paulo Marta Suplicy.

A estratégia será estampada nas próximas inserções estaduais a que o PT tem direito no rádio e na televisão. Marta e Mercadante vão dividir com Lula e a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, os vídeos que vão ao ar nos dias 12, 15, 17 e 19 deste mês.

A chapa foi chancelada durante a viagem do presidente Luiz Inácio Lula da Silva a Montevidéu, no início desta semana, para a posse do novo presidente uruguaio José Mujica. A convite de Lula, Mercadante foi o único parlamentar a integrar a comitiva. O objetivo era arrematar o trabalho de convencimento para que ele aceite abrir mão de disputar mais um mandato no Senado. Dias antes, a ideia de levar de imediato a nova chapa para a televisão havia passado pelo crivo da Direção Nacional do PT e do marqueteiro João Santana.

Desde que retornou da viagem ao Uruguai, Mercadante evitou exposição, depois de ter sido submetido a uma cirurgia na próstata. Marta, por sua vez, mantém o discurso de que aceita a tarefa que lhe for designada. "Estou à disposição para ocupar a posição que o partido achar mais conveniente", afirmou a ex-prefeita, dizendo não enxergar possibilidade de disputa na formação da chapa. "As coisas estão acontecendo com muita tranquilidade." As informações são do jornal O Estado de S. Paulo .

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG