PT não retribuirá no Rio o apoio do bloco de esquerda a Marta Suplicy, diz Berzoini

BRASÍLIA - A cúpula do PT pôs um fim às negociações nas quais o bloco de esquerda (PSB, PDT, PCdoB e PRB), com apoio do presidente Lula, pedia a extinção da candidatura petista à prefeitura do Rio de Janeiro ¿ em retribuição ao apoio do bloco a Marta Suplicy em São Paulo. Segundo o presidente do PT, deputado federal Ricardo Berzoini (SP), agora só resta ¿manter um bom relacionamento¿ para eventuais alianças no segundo turno, assim como em Porto Alegre.

Rodrigo Ledo ¿ Último Segundo/Santafé Idéias |

As declarações de Ricardo Berzoini ocorreram após a reunião da comissão executiva nacional do PT, na sede da legenda em Brasília, que discutiu os posicionamentos do partido em diversas cidades.

Berzoini procurou demonstrar que foi encerrada a cogitação interna de aderir à candidatura de Jandira Feghali (PCdoB) à prefeitura do Rio de Janeiro, mesmo após os apelos do presidente Lula e dos aliados do bloco de esquerda em jantar na última terça-feira no Palácio da Alvorada.

Essa era a expectativa do bloco após a garantia, dada na noite desta quarta, da desistência de sua candidatura própria em São Paulo ¿ o potencial candidato, deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP), será candidato a vice na chapa de Marta Suplicy. Com isso, o deputado estadual petista Alessandro Molon continua no páreo carioca.

O que foi avaliado no debate que fizemos sobre a iniciativa de termos acordos em São Paulo, Rio e Belo Horizonte é de que já há uma série de encaminhamentos tomados e a essa altura seria um grande prejuízo ao partido desistir da candidatura, alegou Ricardo Berzoini, acrescentando que agora o importante é manter um relacionamento amistoso e de não enfrentamento para ter a possibilidade de aliança no segundo turno. É o que faremos no Rio de Janeiro e outras cidades, como Porto Alegre.

Na capital gaúcha, a candidata petista, deputada federal Maria do Rosário, é uma das favoritas segundo as pesquisas, assim como uma das candidatas do bloco de esquerda, deputada federal Manuela DÁvila (PCdoB).

Diplomaticamente, Berzoini comemorou a adesão do bloco de esquerda à candidatura de Marta Suplicy. É claro que aliança sempre ajuda. O fato de o deputado Aldo Rebelo, por quem temos muito apreço, e dos três partidos do bloco de esquerda terem manifestado apoio fortalece candidatura de Marta Suplicy, disse.

    Leia tudo sobre: eleições municipais

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG