PT do Distrito Federal faz prévias para governo local

O Partido dos Trabalhadores (PT) do Distrito Federal realiza hoje as prévias eleitorais para escolher o candidato da sigla para o governo local. Disputam a indicação dos filiados o ex-ministro do Esporte Agnelo Queiroz e o deputado federal Geraldo Magela.

Agência Estado |

O resultado deverá sair depois das 17 horas, quando será feita a totalização dos votos dos vinte locais de votação.

Em clima de tranquilidade, Agnelo e Magela votaram, pela manhã, na sede do PT no Plano Piloto. Depois disso, foram visitar os locais de votação para conquistar o apoio dos filiados petistas. Os pré-candidatos estavam confiantes e disseram que, independentemente de quem for escolhido, o PT terá um nome forte para vencer as eleições em outubro. A confiança dos petistas é baseada nas denúncias de propina que derrubaram o governador do DF, José Roberto Arruda.

A partir de amanhã, o vencedor da disputa terá que iniciar uma romaria para ter o apoio de partidos de esquerda que sustentam o governo do presidente Lula. "Não há risco de o partido ficar dividido. A tradição no PT é fazer prévia e depois do resultado o partido se unifica", afirmou Magela.

Agnelo, ex-ministro do Esporte, também concorda que, concluído o processo de escolha do candidato às eleições para governo, o partido vai se unir e procurar fazer as alianças. Agnelo afirmou ainda que as tentativas de desmoralizá-lo para que ele retirasse o nome da disputa só serviram para fortalecê-lo.

O ex-ministro se referia às gravações dele conversando com o ex-secretário de Assuntos Institucionais do DF Durval Barbosa, responsável pelas denúncias de esquema de propina que derrubou Arruda. "Como a conversa está gravada, ela é minha segurança de que não há problema algum", afirmou.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG