PT abre congresso para aclamar candidatura de Dilma

O PT inicia hoje, em Brasília, o seu 4º Congresso Nacional, que irá sacramentar a candidatura da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, à sucessão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O partido deve aprovar também as diretrizes que vão nortear o programa de governo e definir a política de alianças da campanha.

Agência Estado |

A aclamação de Dilma como candidata ocorrerá no sábado, dia marcado para o seu pronunciamento no megaencontro petista.

No discurso, Dilma vai enaltecer as obras do governo Lula e a necessidade de preservar o modelo econômico, como afirma a nova versão de sua plataforma, retocada a pedido do Planalto. A última versão do plano de governo, que será votada amanhã pelo congresso do PT, prega o fortalecimento das estatais e das políticas de crédito do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Banco do Brasil (BB), Caixa Econômica Federal (CEF), Banco do Nordeste (BNB) e Banco da Amazônia (BASA) para o setor produtivo.

Nesse tópico, porém, foi acrescentado um trecho esclarecendo que "os bancos devem orientar-se para a produção e o consumo, a custo cada vez menores, de modo a promover o emprego e a renda em um quadro de estabilidade monetária".

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG