PSol recorre do arquivamento de ação contra Sarney

O senador José Nery (PSol-PA) registrou hoje um recurso no Conselho de Ética contra o arquivamento da segunda representação protocolada por seu partido contra o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP). Arquivada na semana passada pelo presidente do colegiado, Paulo Duque (PMDB-RJ), a representação do PSol pedia uma investigação sobre o fato de Sarney não ter declarado à Justiça Eleitoral a propriedade de uma casa em Brasília, no valor de R$ 4 milhões.

Agência Estado |

Em outro ponto, a representação questionava a declaração do peemedebista de que não tem responsabilidade administrativa na Fundação José Sarney, suspeita de desviar R$ 500 mil de um patrocínio da Petrobras destinado a um projeto cultural. Reportagem do jornal O Estado de S. Paulo revelou que Sarney é presidente vitalício da entidade, mas o senador disse que transferiu sua responsabilidade a outra pessoa, por procuração.

Com o registro feito hoje pelo senador José Nery, já são 11 os recursos apresentados no Conselho de Ética pedindo o desarquivamento das 11 ações que haviam sido protocoladas contra Sarney. O senador Paulo Duque afirmou que pretende analisar os recursos na próxima quarta-feira.

    Leia tudo sobre: psol

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG