PSOL questiona compra de casa da filha de Yeda

A cúpula do PSOL no Rio Grande do Sul lançou suspeitas sobre a compra de uma casa pela psicóloga Tarsila Crusius, filha da governadora Yeda Crusius (PSDB). Em entrevista hoje, o presidente da sigla no Estado, Roberto Robaina, a deputada federal Luciana Genro e o vereador de Porto Alegre Pedro Ruas, consideraram a aquisição incompatível com a função não remunerada de presidente do Comitê de Ação Solidária que Tarsila exerce no governo de sua mãe.

Agência Estado |

Segundo a matrícula no Registro de Imóveis, o negócio foi fechado em junho deste ano pelo valor de R$ 310 mil, com entrada de R$ 150 mil e saldo parcelado até agosto do ano que vem.

Os integrantes do PSOL também anunciaram que vão levar o caso ao Ministério Público de Contas pedindo que a procedência do dinheiro seja apurada. O advogado da psicóloga, Fábio Medina Osório, disse à Rádio Gaúcha que sua cliente tomou empréstimos para efetuar a negociação e que vai detalhar a operação nos próximos dias.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG