corruptos do PMDB - Brasil - iG" /

PSOL quer que Jarbas dê nomes de corruptos do PMDB

Não foram só os membros do PMDB que ficaram insatisfeitos com as declarações do senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) contra integrantes do próprio partido. Por outras razões, o PSOL enviou hoje carta ao peemedebista pedindo que o parlamentar torne públicos os nomes dos integrantes da legenda que estariam envolvidos em atos de corrupção.

Agência Estado |

Assinada pelo senador José Nery (PSOL-PA) e pelos deputados Chico Alencar (PSOL-RJ) e Ivan Valente (PSOL-SP), a carta afirma que a divulgação dos nomes é uma "enorme contribuição à moralização da vida pública brasileira".

"Suas denúncias devem vir acompanhadas do detalhamento de situações, nomes e fatos que gerem iniciativas aguardadas por toda a sociedade, em nome do interesse público. Esta seria uma saudável providência para que os fatos por Vossa Excelência relatados não caiam no esquecimento e possam ser devidamente apurados", pedem os parlamentares.

Ainda segundo o PSOL, deveria ser criado um fórum permanente, no Congresso, para discutir a ética na política. Chico Alencar defendeu que o fórum deveria ser criado depois do carnaval. "O PSOL jamais se furtou a exigir apurações, no mais das vezes engavetadas, quanto a casos concretos, como os mensalões petista e tucano, o escândalo Sanguessuga e outros", afirma o partido, no texto.
Em entrevista à revista Veja , Jarbas afirmou que parte do PMDB "quer mesmo é corrupção". Ontem, em entrevista coletiva, ele repetiu todas as acusações. "O PMDB quer cargos para fazer negócios. Alguns buscam o prestígio político, mas a maioria dos peemedebistas se especializou nessas coisas pelas quais os governos são denunciados: manipulação de licitações, contratações dirigidas, corrupção em geral", afirmou.

Lula

O senador também acusou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva de ser "conivente" com a corrupção que, segundo ele, está impregnada em todos os partidos, "sobretudo no PMDB". "Não é de hoje que o PMDB tem sido corrupto. Mas o Lula tem sido conivente com a corrupção. Lula e o PT não inventaram a corrupção, mas ela tem sido a marca do governo dele. É o governo do toma-lá-dá-cá", disse.

Apesar de insistir nas denúncias, Jarbas se recusou a apontar nomes de peemedebistas que praticam irregularidades. "Todo mundo sabe da corrupção do PMDB. Estou combatendo práticas, e não vou ficar puxando listas. Seria muito volumoso. Para que isso seja investigado deve haver uma pressão. Não sou eu quem vai comandar esse processo, eu apenas abri o debate dando o pontapé inicial."

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG