PSol quer bloqueio de bens e impeachment de Yeda

O PSol do Rio Grande do Sul anunciou hoje que vai pedir à Justiça Federal de Santa Maria o bloqueio dos bens da governadora Yeda Crusius (PSDB), de seu marido Carlos Crusius e de seu ex-secretário Delson Martini. O ofício, acompanhado do material divulgado em edição do jornal Zero Hora de hoje, indicando que o empresário Lair Ferst relatou irregularidades na campanha eleitoral de 2006 e na gestão tucana no Estado, deverá ser entregue amanhã à juíza federal Simone Barbisan Fortes, encarregada de julgar a fraude que desviou R$ 44 milhões do Detran.

Agência Estado |

O PSol anunciou que também voltará a pedir o impeachment da governadora.

Ao anunciar que o partido fará o pedido, ao lado do vereador e advogado Pedro Ruas e do presidente regional da sigla, Roberto Robaina, a deputada federal Luciana Genro disse que as novas informações confirmam as denúncias feitas pelo PSol em fevereiro. Naquele mês, o partido denunciou irregularidades semelhantes com base em informações que teriam sido prestadas por Lair Ferst em acordo de delação premiada, até hoje não confirmado oficialmente. "Agora há um documento oficial", observou Luciana, referindo-se à correspondência do procurador regional à Procuradoria-Geral da República.

Para o PSol, as novas denúncias dispensam a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o governo Yeda na Assembleia Legislativa e exigem a tramitação imediata de um processo de impeachment. "Os dados existentes são suficientes para a sociedade julgar no mérito", afirmou Robaina.

O pedido de impeachment foi protocolado pelo PSol e PV em junho do ano passado e arquivado pelo ex-presidente da Assembleia Alceu Moreira (PMDB) em dezembro. O recurso apresentado pelos autores à Comissão de Constituição e Justiça recebeu parecer contrário do relator, deputado Paulo Odone (PPS), que, no dia 1º de julho deste ano, foi empossado por Yeda na recém-criada Secretaria Extraordinária da Copa 2014.

    Leia tudo sobre: psol

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG