P-SOL protocola representação contra Sarney por desvio de dinheiro

SÃO PAULO - A bancada do P-SOL na Câmara protocolou hoje uma representação contra o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP). A denúncia diz respeito ao levantamento feito pela Controladoria Geral da União (CGU) que identificou o desvio de R$ 129 mil de um convênio patrocinada pela Petrobras entre a Fundação José Sarney e o Ministério da Cultura. Os deputados Chico Alencar (RJ), Ivan Valente (SP) e Luciana Genro querem que a Justiça abra um processo de investigação contra a fundação, que entre 2005 e 2008 recebeu da estatal R$ 1,34 milhão para a modernização e manutenção do seu acervo, localizado em São Luís, no Maranhão. São denúncias graves que exigem a pronta investigação pelo único órgão suficientemente capaz e competente para os escorreitos esclarecimentos, correição e punição dos envolvidos: o Ministério Público Federal, afirmaram os deputados em nota assinada pelos três parlamentares. Na época em que as denúncias vieram à tona, Sarney argumentou que não tinha qualquer envolvimento com a gestão da fundação.

Valor Online |

(Fernando Taquari \ Valor)

    Leia tudo sobre: política

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG