O Psol deve entrar ainda hoje com uma representação contra o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP). A presidente do partido, Heloisa Helena, estava reunida pela manhã com o senador José Néri (Psol-PA) e a deputada Luciana Genro (Psol-RS) para analisar o tipo de representação que será formulada - se será um pedido de cassação de mandato ou para a saída dele do cargo.

Dentro do escândalo dos atos secretos, usados para beneficiar familiares e protegidos de senadores e de diretores do Senado, Sarney teve vários parentes contratados para a Casa. Os decretos, muitos deles secretos, foram assinados na época em que Agaciel Maia, compadre do senador, comandava a poderosa diretoria-geral do Senado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.