PSOL apresenta 5ª denúncia contra Sarney

Brasília, 29 jul (EFE).- O PSOL formalizou hoje a quinta denúncia por corrupção contra o presidente do Senado, José Sarney, e reiterou seu pedido de julgamento para a cassação de seu mandato.

EFE |

O PSOL exigiu que Sarney seja investigado por uma suposta fraude à justiça eleitoral, por possuir uma mansão calculada em US$ 2 milhões, em um exclusivo bairro de Brasília, que não aparece entre seus bens declarados durante sua candidatura a senador em 1998 e 2006.

O Senado admitiu a irregularidade e a atribuiu a "um erro do técnico que maneja toda a documentação do senador diante dos órgãos competentes".

A presidente do PSOL, Heloísa Helena, formalizou a denúncia junto à Mesa Diretora do Senado, que já tinha recebido outras quatro acusações contra Sarney do mesmo partido, além do PSDB.

O senador José Nery, do PSOL, declarou hoje que "não será fácil evitar as denúncias".

O parlamentar afirmou que, "se tentarem arquivá-las ou não investigar, ficará claro que o Conselho de Ética e o Senado estão de acordo com todos esses atos escabrosos". EFE ed/pd

    Leia tudo sobre: sarney

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG