PSDB votará contra parecer de Picciani sobre reforma

A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara está discutindo o parecer do relator Leonardo Picciani (PMDB-RJ) da proposta de reforma tributária. O deputado Bruno Araújo (PSDB-PE), disse que o seu partido votará contra o parecer de Picciani e a favor de manter a proposta original do governo.

Agência Estado |

Araújo argumentou que Picciani fez várias alterações no projeto do governo, mudando o conteúdo, o que não é permitido nesta fase de tramitação.

A CCJ deve julgar apenas a constitucionalidade da proposta e cabe a uma comissão especial a análise do conteúdo, permitindo inclusive alterações no texto. Um dos pontos polêmicos no relatório de Picciani, é a inclusão dos Estados produtores de petróleo e energia elétrica na divisão da arrecadação do novo Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS).

Pela proposta de Picciani esses estados teriam direito a recolher 2% na origem desses produtos, o que hoje é vedado. A votação da reforma tributária da CCJ poderá ocorrer só à noite, depois a sessão ordinária do plenário da Câmara.

Leia mais sobre: reforma tributária

    Leia tudo sobre: reforma tributária

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG