PSDB vai questionar Caixa por comercial de 150 anos

O PSDB encaminhará, na volta do recesso parlamentar, no dia 1º de fevereiro, um pedido de informação à Caixa Econômica Federal sobre o comercial de comemoração dos 150 anos da instituição. Como o sesquicentenário da Caixa será apenas em 2011, uma vez que a empresa foi criada em 1861, os tucanos alegam que a antecipação das comemorações tem interesses eleitoreiros.

Agência Estado |

O comercial foi ao ar pela primeira vez hoje. A vinheta, com direção assinada pelo designer gráfico Hans Donner, ressalta, em 30 segundos, o papel da Caixa como o principal banco financiador de habitação no Brasil.

"O problema é que o aniversário é só em 2011. Isso quer dizer que o governo Lula alterou o calendário com interesses eleitoreiros, já que este ano temos campanha presidencial", criticou o vice-líder do PSDB na Câmara, Duarte Nogueira (PSDB-SP), em nota encaminhada à imprensa pela assessoria do PSDB. "Tudo será usado com o objetivo de prestigiar seus candidatos. A antecipação das comemorações dos 150 anos da Caixa é um escândalo e só foi feita porque este ano temos eleições", completa o deputado Luis Carlos Hauly (PSDB-PR).

"Quero saber quanto custou a campanha dos 150 anos e quais os motivos ditos oficiais para ela ter sido antecipada. Sabemos que isso tem a ver com a campanha eleitoral. É mais uma amostra do que o governo será capaz de fazer para buscar vantagem eleitoral", endossa o deputado federal Fernando Chucre (PSDB-SP), que assinará o requerimento de informação.

Esta semana, a presidente da Caixa Econômica Federal, Maria Fernanda Coelho, informou que, em 2009, a instituição destinou R$ 45 bilhões para operações de crédito habitacional. O montante é quase o dobro dos recursos investidos no setor em 2008, de R$ 23 bilhões. Segundo Maria Fernanda, em 2003, primeiro ano do governo Lula, a Caixa destinou apenas R$ 5 bilhões para crédito habitacional.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG