PSDB usará críticas de comandante militar da Amazônia

O deputado Antonio Carlos Pannunzio (PSDB-SP), integrante da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional da Câmara, enviou hoje mensagem ao comandante militar da Amazônia, general Augusto Heleno, na qual afirma que o PSDB vai usar suas críticas à política indigenista do governo nos debates da comissão sobre a reserva Raposa Serra do Sol, em Roraima. A Comissão convocou o ministro da Justiça, Tarso Genro, e convidou o governador do Estado, José de Anchieta Junior, para discutirem o conflito na região.

Agência Estado |

Pannunzio ressalta que as críticas do general, feitas quarta-feira em palestra no Clube Militar, no Rio, são resultado "da convicção de um brasileiro consciente do seu dever de cidadão em pleno exercício da liberdade de expressão que lhe assegura a Constituição". Para o deputado tucano, a demarcação em área contínua da reserva Raposa Serra do Sol, criticada pelo general Augusto Heleno, "cria um Estado indígena onde não-índios teriam de ter a permissão dos índios para entrar e, por ser a reserva uma área de fronteira, traz sérios riscos à segurança nacional".

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG