Os deputados tucanos Vanderlei Macris (SP), Gustavo Fruet (PR) e Zenaldo Coutinho (PA), líder da minoria na Câmara, pediram a convocação do ministro do Gabinete de Segurança Institucional, Jorge Félix, do presidente afastado da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Paulo Lacerda, e do diretor-geral da Polícia Federal, Luiz Fernando Corrêa, na comissão mista do Congresso de Controle de Atividades de Inteligência. A comissão vai se reunir na próxima terça-feira para discutir a escuta ilegal no telefone do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes.

O grampo atingiu o senador Demóstenes Torres (DEM-GO) e há notícias de que senadores do PSDB também tenham sido vítimas de grampos ilegais.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.