O PSDB vai realizar uma convenção prévia para definir seu candidato a prefeito em Sorocaba, a 92 km de São Paulo. A data ainda não foi marcada, mas é cada vez mais remota a possibilidade de consenso entre os dois pré-candidatos, o atual prefeito Vítor Lippi e o deputado federal e ex-prefeito Renato Amary.

O partido comanda há 12 anos a política municipal e está dividido entre os dois grupos políticos.

O prefeito Vítor Lippi (PSDB) cumpre o primeiro mandato e se considera candidato natural à reeleição. Amary, ex-prefeito reeleito e que fez de Lippi seu sucessor, disse que atendeu a apelos do seu grupo político para voltar à prefeitura. A cidade, de 600 mil habitantes, é um dos principais colégios eleitorais do interior.

A possibilidade de um entendimento praticamente acabou na semana passada, depois que o deputado federal tucano Antonio Carlos Pannunzio anunciou apoio ao atual prefeito. Pannunzio vinha atuando na busca de um consenso. Ele tem uma parcela expressiva de votos no colégio eleitoral. A escolha caberá aos 86 integrantes do diretório com direito a voto. Os dois candidatos admitem que a disputa será voto a voto. As pesquisas internas indicam que o partido tem boa vantagem na disputa pela prefeitura qualquer que seja o vencedor da prévia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.