PSDB e PT tentam vencer PMDB na Bahia

A guerra, na Bahia, entre o PMDB - do ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima - e o PT, do governador Jaques Wagner, iniciada com a eleição municipal de Salvador - que terminou com a vitória do peemedebista João Henrique Carneiro reeleito, após um segundo turno com o petista Walter Pinheiro - está tendo, na tarde deste domingo, mais uma batalha. Desta vez, a disputa é pela Assembleia Legislativa.

Agência Estado |

Os petistas apoiam a reeleição do atual presidente da casa, Marcelo Nilo, do PSDB (PT e PSDB são aliados na Bahia desde os tempos em que o senador Antonio Carlos Magalhães, morto em 2007, liderava o PFL nacional e comandava a política do Estado). Os peemedebistas não chegaram a apoiar oficialmente a candidatura do adversário de Nilo, Elmar Nascimento (PR), que compõe chapa com o DEM, mas descartou apoio ao atual presidente da assembleia no pleito.

Apesar do afastamento do grupo de Geddel, a candidatura de Nilo é a favorita, o que deve fortalecer a candidatura de Wagner à reeleição, em 2010 - na qual deve enfrentar, como principal adversário, o ministro da Integração Nacional. A sessão de votação teve a presença de todos os 63 deputados estaduais baianos. A apuração dos votos deve ter início por volta das 20 horas.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG