PSDB divulga nota e acusa Dilma de tentar esconder inexperiência

Em nota oficial divulgada hoje, o PSDB respondeu à ministra da Casa Civil e pré-candidata do PT à presidência da República, Dilma Rousseff, que mais cedo aproveitara a inauguração de uma barragem no Vale do Jequitinhonha (MG), para dizer que a oposição acabaria com o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Na nota, assinada pela vice-presidente nacional do PSDB, senadora Marisa Serrano (MT), a direção tucana acusa a ministra de usar artimanhas do PT para driblar sua reconhecida falta de experiência política.

Agência Estado |

A direção do PSDB afirma ainda que o PAC "não pode ser levado a sério" e tem sido usado como instrumento de campanha. "As raras inaugurações (de obras do PAC) têm servido, apenas, para o treinamento intensivo do uso de palanques eleitorais para a ministra. Não convence nem pode ser levado a sério", afirma o texto do PSDB.

Segue a íntegra da nota:

"Diante de sua reconhecida falta de experiência política, a ministra Dilma Rousseff adota as conhecidas artimanhas do PT que, historicamente, aprimorou de maneira nunca vista a retórica do medo e da mentira. Foi assim em 2006, quando criou a fantasia sobre o fim dos programas sociais e da privatização de empresas estatais. Felizmente, não se consegue enganar o povo o tempo todo.

O PSDB, na verdade, tem demonstrado que deseja o aperfeiçoamento das estatais e a continuidade do Bolsa Família, assim como de todos os programas sociais criados quando estava na presidência da República. Hoje os governadores e os prefeitos do PSDB são garantidores dos benefícios sociais que atendem as camadas mais pobres da população. Mais do que isso, eles têm ampliado e melhorado essas atividades, com amplo apoio da população.

Os brasileiros sabem que o PAC não é um programa de obras e sim um slogan publicitário. Em verdade, o PAC não passa de um amontoado de obras sem foco nem objetivo. As raras inaugurações têm servido, apenas, para o treinamento intensivo do uso de palanques eleitorais para a ministra. Não convence nem pode ser levado a sério.

Está claro que o PAC é apenas uma peça de ficção. E isso ficará cada vez mais demonstrado este ano, à medida que a propaganda e o discurso eleitoral não corresponderão aos fatos concretos. O PSDB quer verdade, transparência, coerência e honestidade. Sem isso, a democracia e o povo brasileiro serão os verdadeiros derrotados.

Senadora Marisa Serrano (MT)
Vice-presidente Nacional do PSDB"

    Leia tudo sobre: psdb

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG