Tamanho do texto

A liderança do PSDB no Senado iniciou recolhimento de assinaturas para apresentar no plenário recurso para votação de todos os requerimentos rejeitados na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) Mista dos Cartões Corporativos, entre eles a convocação da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Roussef, cuja convocação foi derrubada na CPI pela maioria da base aliada. O regimento do Senado prevê recursos em plenário para votação de matérias apreciadas nas comissões.

Para isso, são necessárias assinaturas de nove senadores. "Vamos impedir que alguém se esconda atrás da tropa de choque dos partidos aliados instalada na CPI", afirmou o líder Arthur Virgílio (AM).