está longe de decidir nome para 2010, diz Aécio - Brasil - iG" /

PSDB está longe de decidir nome para 2010, diz Aécio

O governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), disse nesta terça-feira que ninguém impõe uma candidatura e que a decisão sobre o próximo presidenciável tucano ainda está longe de ser tomada. Temos ainda uma longa estrada a percorrer e estarei discutindo com o Brasil idéias.

Agência Estado |

Obviamente, ninguém impõe uma candidatura, mas eu digo com muita franqueza: essa decisão ainda está longe de ser tomada no meu partido", afirmou. Para ele, o cenário de crise global reforça sua defesa de que o candidato escolhido tenha, sobretudo, capacidade de articular e construir "uma nova e grande convergência" nacional.

Questionado sobre o resultado do Datafolha - que apontou o favoritismo do governador de São Paulo, José Serra, com quem trava uma disputa interna no PSDB pela indicação do candidato à Presidência em 2010 -, o governador mineiro afirmou que pesquisa é um instrumento importante para a definição do presidenciável, "mas não pode ser o único".

Na segunda-feira, Aécio se encontrou com Serra em São Paulo, horas depois de o tucano paulista cometer um deslize, afirmando que não estará à frente do governo estadual em "2010, 2011". O mineiro reiterou que considera o final de 2009 o momento "mais adequado" para uma definição em relação à candidatura do PSDB.

Aécio também fez questão de comemorar os números do Datafolha, ressaltando que jamais disputou uma eleição presidencial. "Apareço na pesquisa espontânea com 4% dos votos, enquanto o meu companheiro, o grande governador de São Paulo aparece com 6%", disse. "Recebi com enorme alegria os dados dessa pesquisa. Não esperava que pudesse ter um reconhecimento tão amplo da população do Brasil hoje."

Leia mais sobre: Aécio Neves

    Leia tudo sobre: aecio nevesaécio neves

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG