Publicidade
Publicidade - Super banner
Brasil
enhanced by Google
 

PSB deve aprovar aliança com petistas e tucanos em BH

As Executivas Municipal e Estadual do PSB se reúnem amanhã para referendar a coligação com o PT e o PSDB na eleição municipal em Belo Horizonte. De acordo com o presidente da legenda em Minas, deputado estadual Wander Borges, a tendência é pela aprovação da pré-candidatura do secretário de Desenvolvimento Econômico, Márcio de Araújo Lacerda, como cabeça-de-chapa da eventual aliança - que ainda precisa ser referendada pelos Diretórios Estadual e Nacional do PT.

Agência Estado |

No último domingo, o diretório municipal petista aprovou por 85% a tese de aliança defendida pelo prefeito Fernando Pimentel, que ainda hoje se reunirá em Brasília com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva para tratar do assunto. Do encontro devem participar os ministros mineiros e o vice-presidente José Alencar. O acordo envolvendo a candidatura de Lacerda - tendo um nome do PT como vice - vem sendo costurado por Pimentel e pelo governador de Minas, Aécio Neves (PSDB).

O presidente estadual do PSB disse que o nome do secretário também precisará ser avalizado pela Executiva Nacional do partido. Lacerda é ligado ao deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE), de quem foi secretário-executivo no Ministério da Integração Nacional. Outra opção da legenda seria a ex-reitora da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) Ana Lúcia Gazolla. "Mas o nome do Márcio configura numa situação privilegiada", admitiu Borges.

Após participar de uma reunião entre Aécio e o embaixador dos Estados Unidos, Clifford Sobel, no Palácio das Mangabeiras, o secretário evitou falar sobre a pré-candidatura. "Esse é um assunto interno dos partidos. Temos de aguardar essa decisão final e respeitar a dinâmica interna dos partidos políticos".

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG