Próximo romance de García Márquez será lançado em 2009, diz biógrafo

Santa Cruz de Tenerife (Espanha) ¿ Dentro de aproximadamente um ano, as livrarias de todo o mundo receberão o novo romance do colombiano Gabriel García Márquez, com o qual escritor fechará uma tetralogia dedicada ao amor.

EFE |

O ciclo começou em 1985, com "O Amor nos Tempos do Cólera", continuou com "Do Amor e Outros Demônios" (1994), seguiu com "Memória de Minhas Putas Tristes" (2004) e terminará em 2009, com um título ainda não divulgado.

O escritor colombiano Dasso Saldívar, que é biógrafo de "Gabo" e está na ilha de Tenerife (Espanha) para abrir uma exposição fotográfica sobre a vida de García Márquez, afirmou em entrevista à Agência Efe que o autor de "O General em seu Labirinto" já escreveu seu próximo romance e que a história gira em torno de uma pessoa que conheceu.

"Tudo o que García Márquez escreveu durante mais de 50 anos está baseado em personagens que conheceu", afirmou Saldívar.

"'Gabo' é muito discreto sobre as coisas que já escreveu mas que ainda não foram publicadas, sejam livros terminados ou poemas que ele guarda em sua gaveta e que ainda não viram a luz, como um dedicado a Cuba e que se chama 'Cuba y el bloqueo'", revelou Saldívar.

Segundo o biógrafo, o ex-presidente cubano Fidel Castro leu o texto e disse que é "elogioso para com a revolução". Depois, García Márquez fez uma segunda versão que não agradou muito ao líder revolucionário. Mas ambos decidiram que o poema será publicado quando um dos dois morrer.

Sobre Cuba e Fidel, Saldívar destacou o silêncio de "Gabo" nos últimos anos.

"Não só sobre Cuba, mas também sobre o que está acontecendo em seu país, a Colômbia, a respeito da qual não opina faz tempo. Sua produção literária é mais lenta e hoje ele segue um estilo de vida e uma alimentação rígidos", acrescentou Saldívar.

    Leia tudo sobre: gabriel garcía márquez

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG