Ao menos 600 pessoas ligadas à União Nacional dos Estudantes (UNE) e à União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes) participantes de uma passeata pelo centro da capital paulista encerraram a manifestação na Praça da República, sede da Secretaria Estadual da Educação.

De acordo com a Une, o protesto realizado hoje pedia o fim do vestibular, mais verba para a assistência estudantil, melhoria na qualidade de ensino, entre outras reivindicações. A manifestação foi intitulada como Jornada de lutas - abril para a educação.

Após se concentrarem no vão livre do Museu de Arte de São Paulo (Masp), na Avenida Paulista, os manifestantes seguiram em passeata até a sede da pasta. O trânsito ficou complicado na região. Os organizadores estimam que 5 mil estudantes tenham participado da passeata.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.