Um grupo de 150 sem-terra acampados na Fazenda Santo Antônio, em Itaquiraí, Mato Grosso do Sul, fecharam hoje a rodovia estadual MS-487, que liga o Estado ao Paraná. Eles protestaram contra a morosidade na estruturação da fazenda comprada pelo Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), para transformá-la em assentamento.

A manifestação começou às 6 horas e terminou às 13 horas, causando congestionamento de quase 10 quilômetros nos dois sentidos da pista. Segundo os manifestantes ligados ao MST e Federação dos Trabalhadores na Agricultura, faltam moradias e estradas no local.

O Incra informa que a abertura das vias internas do assentamento foi repassada para a Prefeitura Municipal de Itaquiraí, num total de 250 quilômetros de estradas, ao preço R$ 4 milhões.

Desse total o município já recebeu a primeira parcela de R$ 698 mil. Também foram liberados mais R$ 5,2 milhões para outras obras de estrutura e hoje mais R$ 4,6 milhões, para divisão de lotes e habitações. A prefeitura de Itaquiraí informou que devido as constantes chuvas na região, está havendo atraso na obra.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.