Protesto contra emenda Ibsen invade a web

Depois do protesto nas ruas do Rio de Janeiro, na última quarta-feira, contra a Emenda Ibsen, que prevê divisão igualitária dos royalties do pré-sal entre os Estados e municípios, sem privilegiar os produtores, como o Rio, os cariocas invadiram o Twitter, a rede social de microblogs, e conseguiram pôr o assunto no topo do ranking de temas mais comentados no Brasil. Ontem, o nome do deputado Ibsen Pinheiro ficou durante todo o dia entre os mais citados da rede.

Agência Estado |

Os blogueiros contrários ao texto divulgaram o número do telefone do gabinete do deputado em Brasília e o e-mail do parlamentar seguidos da pergunta: "Querem mandar um recado para ele?" No fim da tarde, a manifestação ganhou o reforço da celebridade mais seguida no Twitter brasileiro, o apresentador Luciano Huck, que também enviou o telefone e o e-mail do deputado para quase 2 milhões de pessoas que acompanham seus comentários diariamente.

Além da divulgação dos contatos do parlamentar, a mensagem que mais fez sucesso entre os blogueiros contrários à distribuição dos royalties do petróleo foi uma fotomontagem de Ibsen, em que ele aparece discursando. Sobre a imagem, os blogueiros colocaram trechos de um falso discurso: "As minhas principais propostas para divisão dos royalties são atrapalhar os Estados que têm seus projetos e perspectivas de crescimento em cima desse dinheiro; (...) fazer com que algum Estado declare logo falência". As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG