Promotores confirmam combate entre Holyfield e Valuev

O norte-americano Evander Holyfield voltará a lutar por um título mundial dos pesos pesados, aos 46 anos. Nesta quinta-feira, promotores suíços confirmaram o combate do veterano com o russo Nikolai Valuev, atual detentor do cinturão da Associação Mundial de Boxe, para o dia 20 de dezembro, no Hallenstadion, em Zurique.

Agência Estado |

Holyfield não luta desde que perdeu para outro russo, Sultan Ibragimov, em outubro do ano passado. O pugilista de Atlanta tem no currículo 49 vitórias, nove derrotas e dois empates, e insiste em lutar até a reconquista do título, para aposentar-se como campeão.

A última vez que o norte-americano esteve com o cinturão foi há oito anos, em 2008, quando venceu John Ruiz, em Las Vegas. Depois, lutou outras duas vezes contra o rival e, perdeu o título com uma derrota e não conseguiu recuperá-lo ao empatar o terceiro combate entre ambos.

Em 2002, ele lutou contra Chris Byrd pelo cinturão da IBF, que estava sem dono. Perdeu por decisão unânime dos jurados, após 12 rounds.

Holyfield luta atualmente também contra a falência. Em outubro, ele concordou em dar uma bolsa de US$ 100 mil (cerca de R$ 225 mil) para seu filho de 10 anos, depois de ser ameaçado de prisão. No meio deste ano, ele deixou de pagar pensão de US$ 3 mil durante três meses seguidos, e também foi acionado judicialmente.

Valuev, conhecido como "O Gigante Russo), tem 2,13 metros de altura, e um cartel de 49 vitórias e uma derrota, para o usbeque Ruslan Chagaev, em 2007. Ele conquistou o título da WBA em agosto deste ano, ao vencer justamente John Ruiz, algoz de Holyfield.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG