Promotor do caso Isabella nega ter acusado pai

O promotor do Ministério Público Estadual (MPE), Francisco Cembranelli, negou que tenha acusado Alexandre Alves Nardoni de ter matado a filha Isabella Nardoni, de 5 anos, em conversa reservada hoje com um grupo de repórteres. A informação foi divulgada no blog do jornalista Ricardo Noblat.

Agência Estado |

Conforme o blog, o promotor já deu aula para Alexandre e, com base no conhecimento que já tinha do suspeito, teria culpado o pai de Isabella e dito que ele "é um vagabundo, que sempre viveu às custas do pai, um playboy". Cembranelli reagiu: "Isso (a informação no blog) é irresponsabilidade, de um mau-caratismo sem tamanho." Ele negou ter sido professor de Alexandre. "É um completo absurdo", disse. "Eu nunca dei aula para ninguém, e em nenhum momento deste inquérito eu tive conversa informal com ninguém", afirmou.

    Leia tudo sobre: isabella

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG