Projeto Brasil lança Comunidade de Saúde para debates através da internet

SÃO PAULO ¿ O Projeto Brasil, portal de discussões fundado pelo jornalista Luís Nassif, lançou na noite desta segunda-feira, 12, o programa Comunidade de Saúde. O projeto permitirá, por meio de ferramentas da web 2.0, debates sobre os mais diversos temas em destaque na sociedade. A idéia é estimular a troca de informações entre os internautas e criar parcerias com o governo para a prestação de contas públicas. ¿A experiência é inovadora. Criaremos comunidades sobre diversos assuntos com apoio de jornalistas, especialistas e pessoas públicas para discutir um tema relevante e chamar o internauta para participar¿, explica o jornalista.

Luciana Fracchetta, do Último Segundo |

Luciana Fracchetta
Nassif apresenta o projeto da comunidade
O programa da Comunidade de Saúde é o primeiro a ser lançado. Na semana que vem, abrirá para o cadastramento dos internautas que possuem interesse em participar. O projeto já conta com a criação de Comunidades em outras áreas, como a de gestão, políticas sociais, bioernegia e inovação. Posteriormente, o jornalista pretende levar a idéia para as universidades e centros de estudo em todo o País.

No evento de divulgação do projeto, realizado no restaurante de um hotel no Itaim Bibi, na zona sul da capital paulista, também estiveram presentes o Ministro da Saúde, José Gomes Temporão, o Secretário de Saúde de São Paulo, Luiz Roberto Barradas Barata, e representantes das indústrias farmacêuticas Interfama, Cristália e Genzyme.

Segundo o jornalista, as Comunidades visam reunir um conjunto de ferramentas para que associações, empresas e universidades concentrem e divulguem seus trabalhos, debatam a política pública e temas de importância da agenda nacional.  A quantidade de informações que transitam hoje pela internet, em fóruns e chats, é infinitas vezes maior do que aquela que sai pela imprensa. Além de ser interativa. Na internet, a construção da informação é muito rica, afirma.

Nassif explica que a idéia das Comunidades surgiu como uma tentativa de organizar o conhecimento de diversos meios que hoje se encontra descentralizado. A visão que temos no País é que existe muito conhecimento difuso, que é bastante rico, mas é difícil de organizar. A parceria com o portal iG, segundo o jornalista, veio justamente para estabelecer um ambiente em que seja possível agregar materiais que contenham esse conhecimento e diferentes ferramentas de discussão.

Iremos agregar em um só lugar fóruns online, chats, blogs, bibliotecas e a criação de várias outras comunidades que terão vida própria com o tempo. Também terá uma área do governo, onde o ministério poderá disponibilizar seus trabalhos e projetos. A internet é o único meio que disponibiliza esses instrumentos, afirma Nassif.

Discussões sobre o PAC da Saúde

Nassif explica que as Comunidades permitirão um serviço de prestação

Luciana Fracchetta
Temporão (à esq.) e Barradas (à dir.) no evento
de contas pública, onde os internautas poderão questionar programas e projetos criados pelo governo, por exemplo. Já acertamos com o ministério da Saúde que ele vai alimentar com informações sobre o PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) da Saúde. E todas as dúvidas que os internautas tiverem, eles terão que responder, diz o jornalista.

Para o ministro Temporão, a criação das Comunidades é uma forma de os internautas se expressarem livremente, sem censura, e que daí possa ser tirado críticas, idéias e orientações. Sobre a primeira discussão ser em torno do PAC, o ministro afirmou que por meio dele temos a dimensão de todas as políticas voltadas para o idoso, para as mulheres, controle social, combate às doenças sexualmente transmissíveis. Será uma fonte inesgotável de temas, explica Temporão.

Por fim, o ministro elogiou o programa das Comunidades virtuais de Nassif. O projeto é muito bem-vindo. Existe um instrumento interessante de construção de hegemonia, de política de criação de bom senso, afirma.

O Secretário de Saúde da capital paulista afirma que o importante do projeto é que ele irá prezar discussões do governo e colocará para o debate da sociedade brasileira. A oportunidade irá divulgar nossos programas para as outras áreas e fará com que as pessoas possam se posicionar e contribuir para a melhoria dos projetos no setor da Saúde, diz Barradas.

Para saber mais:

Projeto Brasil: www.projetobr.ig.com.br

Blog do Nassif: http://projetobr.com.br/web/blog/5

Leia mais sobre: Saúde - Luís Nassif - José Gomes Temporão - Luiz Roberto Barradas Barata

    Leia tudo sobre: saúde

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG