Professores de SP suspendem greve até quinta-feira

Professores da rede estadual de ensino de São Paulo decidiram, em assembléia, suspender a greve iniciada no dia 16. A proposta foi feita pela direção do sindicato da categoria (Apeoesp) depois de um acordo, sob condições, com a Secretaria de Educação, mediado pelo desembargador Carlos Francisco Berardo, do Tribunal Regional do Trabalho (TRT).

Agência Estado |

Assim, as aulas voltam ao normal na segunda-feira, mas, na quinta, uma nova assembléia poderá decidir retomar a greve caso o governo não cumpra as exigências dos docentes. Pelas condições feitas pela direção do sindicato, a Secretaria tem até terça-feira para apresentar um calendário para reposição das aulas e garantir o pagamento pelos dias parados. A Secretaria informou que cumprirá as exigências.

A Apeoesp quer ainda que se abra negociação sobre o decreto que limita transferências de professores e institui uma prova anual para seleção de temporários. O ponto, no entanto, não consta no acordo do TRT.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG