Professor é morto na frente de alunos no interior de SP

A polícia de Monte Aprazível, a 475 quilômetros de São Paulo, investiga o assassinato do professor de futebol Marcos Dias dos Santos, de 44 anos, morto com 14 tiros quando terminava de dar aulas para 30 garotos de 9 a 14 anos, no estádio municipal da cidade. O crime, que aconteceu ontem, foi presenciado por diversos garotos, entre eles, o filho de Santos, de 11 anos.

Agência Estado |

Apresentaram-se como policiais três homens, que o agrediram antes de um deles disparar uma arma automática de 9 milímetros.

Santos morreu no local. "Foi uma covardia, ele não teve qualquer chance de reação e ainda foi morto na frente do filho", afirmou o ex-jogador de futebol Durval Andreazzi, que trabalha como auxiliar dele. Os bandidos fugiram, mas um dos três carros usados por eles, um Celta preto, que tinha sido roubado na capital paulista, foi encontrado hoje, abandonado na Rodovia SP-310. A suspeita é de que o crime tenha sido motivado por vingança ou acerto de contas.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG