Professor de artes marciais é condenado por homicídio

O professor de artes marciais Alberino José dos Santos foi condenado hoje, em Belo Horizonte, a 17 anos de prisão por homicídio triplamente qualificado contra um menor de idade. O crime ocorreu em outubro de 2004.

Agência Estado |

O Ministério Público pediu que o professor fosse julgado pelo crime de homicídio triplamente qualificado por ter praticado o delito por meio da realização de rituais satânicos; devido à dificuldade de defesa da vítima, que tinha apenas 15 anos na época do crime, e porque o acusado tentou ocultar o assassinato.

A denúncia do Ministério Público aponta que um dos menores de idade que participou da ação ligou para a vítima, pedindo que ele fosse para a academia de Kung Fu do réu, em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte. No local estava outro menor. Ao chegar à academia, a vítima foi dominada pelos garotos e morta a facadas. O corpo foi encontrado às margens da BR-381, próximo à ponte do Rio Paraopeba, em São Joaquim de Bicas.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG