Produtores querem convidar Serra a comer carne suína

Os produtores de suínos de São Paulo pretendem convidar o governador do Estado, José Serra, para um evento onde seja servido carne de porco como prato principal. O objetivo é tentar ratificar a segurança do produto, depois que passou a ser veiculado na internet, no portal de vídeos YouTube, trechos de uma declaração em que ele afirma que gripe suína é transmitida dos porquinhos para as pessoas só quando eles espirram ou quando a pessoa chega perto do nariz do porco.

Agência Estado |

Serra fez a afirmação no dia 27 de abril, na abertura da Agrishow, em Ribeirão Preto (SP).

Desde então, vários vídeos editados apenas com a primeira frase, alguns até brincando com o fato de Serra ser palmeirense, cujo símbolo é um porco, lideram a preferência no YouTube. Não adiantou o governador paulista complementar e dizer que no Brasil não havia, à época, casos de gripe suína, que a transmissão era feita de pessoa para pessoa, que a doença era uma questão de vigilância sanitária e também que se houvesse um caso, o procedimento era isolar o doente. Até a tarde de hoje, o vídeo tinha mais de 60 mil exibições.

A repercussão fez com que a Associação Paulista de Criadores de Suínos (APCS) procurasse o deputado federal e ex-secretário de Agricultura de São Paulo Duarte Nogueira (PSDB-SP), que tem base em Ribeirão Preto (SP), onde Serra deu a declaração, para que ele intermediasse um encontro na tentativa de o governador desfazer a polêmica. "Eu liguei hoje para o secretário João Sampaio, ele ligou para o governador e ficou definido que um evento irá acontecer amanhã para resolver esse assunto e acabar com qualquer mal-entendido", disse Nogueira à Agência Estado . A assessoria do governador informou que até o início da noite não havia nada programado sobre o tema na agenda de Serra de amanhã.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG