Produção na plataforma P-34 da Petrobras segue paralisada

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Apesar de ter anunciado no início da noite de segunda-feira que a plataforma P-34 voltaria a produzir nas próximas horas, até o final da manhã desta terça-feira a unidade continuava parada, excluindo cerca de 40 mil barris diários da produção de quase 2 milhões de barris por dia da companhia. A empresa não soube informar o motivo do atraso e nem quando a produção seria retomada.

Reuters |

A P-34 parou de produzir na noite de domingo depois que uma pressão descontrolada em uma válvula de bloqueio matou um funcionário e feriu dois, ao atingi-los com uma "língua de petróleo e água", segundo a assessoria da estatal.

A plataforma fica no campo de Jubarte, na bacia de Campos, em frente ao Estado do Espírito Santo, e foi a primeira a produzir petróleo na cobiçada camada pré-sal, em setembro do ano passado.

Em 2002, a mesma unidade, que já produzia petróleo na camada pós-sal, havia adernado 40 graus em menos de meia hora.

A plataforma operava normalmente até o acidente de domingo.

(Por Denise Luna)

Leia mais sobre: Petrobras

    Leia tudo sobre: petrobras

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG