Procuradora recorre contra sentença dada a pilotos do Legacy

Ministério Público quer pena mais dura para pilotos envolvidos no acidente com o avião da Gol em 2006, que deixou 154 mortos

Severino Motta, iG Brasília |

A Procuradora da República em Mato Grosso Analícia Ortega Hartz recorreu da sentença dada pela Justiça Federal aos pilotos americanos Joseph Lepore e Jan Paul Paladino. Condenados a quatro anos e quatro meses de reclusão, numa pena que foi substituída pela prestação de serviços comunitários, os dois comandavam o jato Legacy que em 2006 colidiu no ar com um avião da Gol e deixou 154 mortos.

Com a ação o processo vai sair das mãos do juiz Murilo Mendes, da seção da Justiça Federal de Sinop (norte de Mato Grosso), e subir para o Tribunal Regional Federal da Primeira Região (TRF-1). No recurso, Analícia argumenta que a pena aplicada não é suficiente para o dano causado pela dupla de pilotos.

Ela alega que não foi reconhecida a má-fé dos americanos, que teriam deixada desligado por um período o Transponder (equipamento que permite a localização precisa das aeronaves em vôo) e também teriam atrasado o processo. Por isso quer uma pena mais dura e eventual prisão pilotos numa Colônia Agrícola, não somente a prestação de serviços comunitários em órgãos brasileiros nos Estados Unidos e proibição de voar no espaço aéreo do Brasil.

A Procuradora vai dar uma entrevista coletiva em Cuiabá (Mato Grosso), nesta segunda-feira, para explicar os termos de seu recurso. Ela também dirá se recorreu contra a sentença dada a um dos controladores de vôo brasileiro, que pegou três anos de reclusão mas também teve a pena substituída pela prestação de serviços.

Acidente

O jato Legacy da empresa ExcelAire atingiu o vôo 1907 da Gol, que fazia a rota Manaus-Rio de Janeiro, com previsão de escala em Brasília. Com a colisão no ar, o Boeing da Gol caiu e seus destroços pararam numa mata fechada a cera do 200 km do município de Peixoto Azevedo, em Mato Grosso.

O acidente revelou fragilidades no sistema de controle de tráfego aéreo brasileiros e o Congresso chegou a abrir duas Comissões Parlamentares de Inquérito (CPI’s) para apurar o caso.

    Leia tudo sobre: legacygol1907MPFrecorresentença

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG