A Fundação Procon-SP, órgão vinculado à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania, notificou de forma preventiva a Gol Linhas Aéreas para prestar esclarecimentos sobre problemas enfrentados por consumidores nos últimos dias. A empresa aérea tem 24 horas para se defender.

Ontem, mais da metade dos vôos programados da Gol atrasaram mais de meia hora para partir, Hoje, no boletim da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero) até 13 horas, 132 vôos dos 304 programados (total de 43,4%) da companhia saíram depois do horário previsto.

De acordo com o Procon, vários passageiros que sofreram alterações unilaterais de suas passagens vêm fazendo reclamações sobre a companhia. Além disso, os relatos dos consumidores apontam para a indisponibilidade ou dificuldade de contactar a empresa nos canais de atendimento oferecidos. A notificação, instrumento previsto no Código de Defesa do Consumidor visa, neste caso, diagnosticar problemas de caráter coletivo e a partir daí adotar a solução mais adequada do ponto de vista administrativo a fim de proteger os interesses dos consumidores.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.