A prisão de José Roberto Arruda (ex-DEM), governador licenciado do Distrito Federal, determinada ontem pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) e mantida hoje pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello, tem o apoio maciço da população. É o que indica pesquisa realizada pela empresa de análise e investigação de mercado Brasmarket.

A mostra, feita hoje com 1387 pessoas, em 100 municípios brasileiros, revela que 86,9% dos entrevistados aprovaram a decisão do STJ.

De acordo com a pesquisa, apenas 6,1% reprovaram a decisão de prender Arruda e 7% não souberam responder ou avaliar a decisão do Superior Tribunal de Justiça. A margem de erro da pesquisa é de 3% para mais ou para menos.

Arruda está preso desde ontem na Superintendência da Polícia Federal (PF) em Brasília, sob a acusação de tentar subornar uma testemunha que iria depor no inquérito da Operação Caixa de Pandora, da PF. Essa operação investiga um esquema de pagamento de propina, que ficou conhecido como "Mensalão do DEM".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.