Príncipe Charles volta a instituto onde fez polêmico discurso há 25 anos

Londres, 12 mai (EFE).- O príncipe Charles da Inglaterra fez hoje um discurso no Real Instituto de Arquitetos (Riba) do Reino Unido, 25 anos após um pronunciamento polêmico que rendeu críticas desses profissionais e a reputação de defensor do classicismo no desenho de edifícios.

EFE |

O discurso de hoje, por ocasião do 175º aniversário dessa associação, também esteve cercado de polêmica, já que arquitetos britânicos de renome pediram o boicote ao ato, por considerar que podia ser "destrutivo" para o grêmio.

O herdeiro à Coroa britânica defendeu hoje o direito a opinar sobre arquitetura, pois "o entorno construído afeta a todos", e se desculpou pelo fato de o discurso de 1984 ter dado a impressão de que queria instigar "uma guerra estilística" entre partidários da arquitetura clássica e da moderna, segundo a agência local "PA".

Há 25 anos, o príncipe irritou os arquitetos ao descrever um projeto moderno de expansão do museu de arte National Gallery como "uma espinha gigante no rosto de um querido amigo".

Sobre os comentários feitos no pronunciamento anterior, Charles disse que ainda existe a divisão entre uma arquitetura concentrada na forma, que se impõe a partir de cima, e outra que leva mais em conta as necessidades práticas e urbanísticas das comunidades às quais deve servir.

Ele defendeu uma "arquitetura orgânica", de corte tradicional, que surja naturalmente de determinados entornos e comunidades, que esteja vinculada ao lugar, e não ao tempo. EFE jm/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG