Príncipe Charles visita o Congresso Nacional

BRASÍLIA - O príncipe Charles e sua mulher, Camilla, iniciam nesta quarta-feira visita ao Brasil dentro de uma série de viagens pela América do Sul para discutir, principalmente, os efeitos da mudança climática no planeta.

Redação com EFE |

Charles e Camilla chegaram a Brasília procedentes do Chile, onde estão desde domingo passado, e terminarão a viagem em Manaus, de onde, em 15 de março, partirão para o Equador.

O casal ficará no Brasil por quatro dias e, durante este tempo, visitarão as cidades de Brasília, Rio de Janeiro, Manaus e Santarém.

Em todos estes lugares, o programa de atividades previsto será marcadamente ambiental, e o herdeiro ao trono britânico tentará envolver os jovens e o empresariado brasileiro no combate à mudança climática e a favor do desenvolvimento sustentável.

A visita também tem como objetivo reforçar os laços entre o Reino Unido e o Brasil, país que os britânicos consideram um de seus principais parceiros políticos e comerciais na América Latina.

Neste primeiro dia da viagem, em Brasília, o casal será recebido pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pelo ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, e pelo presidente do Senado, José Sarney, entre outros.

Amanhã, já no Rio de Janeiro, o príncipe dirigirá um discurso sobre a mudança climática a empresários no Palácio do Itamaraty, para depois se reunir com uma delegação de empresários e com o governador do RJ, Sérgio Cabral.

Charles e sua esposa visitarão também um projeto social em uma favela da cidade e o Jardim Botânico, onde presidirão uma recepção com especialistas em meio ambiente e se encontrarão com a comunidade britânica do Rio.

Também no Jardim Botânico, o herdeiro britânico terá uma reunião com jovens brasileiros representantes do projeto Embaixadores do Clima, que busca implementar ações construtivas para a luta contra a mudança climática através das escolas.

As duas últimas escalas na visita serão Manaus e Santarém, que permitirão ao casal conhecer em primeira mão os problemas e riscos que afetam a região amazônica.

Em Manaus, Charles e Camilla irão ao Instituto de Permacultura do Amazonas, que trabalha para a criação de espaços naturais sustentáveis, e manterão um encontro com representantes de grupos dos povos da floresta, entre outras atividades.

No dia seguinte, o herdeiro britânico viajará a Santarém para visitar a comunidade Maguari, um grupo indígena cuja economia é baseada na utilização sustentável dos recursos da floresta.

Enquanto isso, Camilla permanecerá em Manaus para visitar o Centro Municipal de Arte e Educação e o Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.

O casal voltará a se reunir no domingo, em Manaus, para viajar ao Equador, última parada de sua viagem.

Leia também:

Leia mais sobre: príncipe Charles

    Leia tudo sobre: congresso

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG