BRASÍLIA - Começam a ser feitos nesta quinta-feira os testes nos pacientes com suspeita de terem contraído a gripe suína (http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2009/04/30/oms+decide+mudar+nome+da+gripe+suina+5867916.html target=_toprebatizada de gripe A), informou nesta quinta-feira o ministro da Saúde, José Gomes Temporão.

O ministro informou que os primeiros resultados serão divulgados em três dias. "É preciso ter paciência. Sábado, tão logo os resultados fiquem prontos, faremos a divulgação", disse o ministro. De acordo com ele, todos os pacientes acompanhados estão em excelente situação de saúde.

Os kits de diagnóstico chegaram nesta quarta-feira e foram encaminhados aos laboratórios Adolfo Lutz , em São Paulo, e Oswaldo Cruz , no Rio de Janeiro. O material, disse o ministro, será usado pelos centros de pesquisa para o desenvolvimento de uma metodologia própria e de novos kits. "A partir de agora, toda a organização do trabalho está normalizada", completou.

Temporão disse que a estratégia de prevenção da doença no País será mantida. Questionado se a confirmação da infecção pelo H1N1 poderá alterar a estratégia, ele disse: "Vamos aguardar primeiro os resultados." E acrescentou: "O País está preparado para tudo. Isso é o mais importante."

Casos suspeitos

Diminuiu, pela primeira vez, o número de casos suspeitos de gripe suína no Brasil. O número, que era 28, agora é de 26 suspeitas, de acordo com o último boletim do Ministério da Saúde, divulgado na quarta-feira. Também caiu o número de casos monitorados, que era 28 e agora é 15.

Os casos suspeitos estão nos Estados de São Paulo (9), Rio de Janeiro (3), Distrito Federal (2), Goiás (2), Santa Catarina (2), Tocantins (2), Mato Grosso do Sul (1), Minas Gerais (1), Paraíba (1), Paraná (1), Pernambuco (1) e Rondônia (1). No total, já foram descartados 99 casos até as 9h30 desta quarta-feira.

Leia também:

Entenda a "gripe suína"

Leia mais sobre: gripe suína

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.