Presos suspeitos de assalto e morte de menina no Rio de Janeiro

Quatro pessoas foram presas na noite desta terça-feira, acusadas de terem roubado um caminhoneiro na Rodovia Niterói Manilha, no Rio. Os suspeitos são os mesmos que se envolveram em uma discussão e tiroteio há dois dias, que terminou com a morte de uma menina de 7 anos.

Agência Estado |

O grupo assaltou um caminhoneiro, levando R$ 1.700 dele. Segundo a Polícia Civil, o suspeito Rafael Gabriel Corrêa foi até de um dos integrantes do bando cobrar a sua parte do roubo. Ele achava que Renato Wallace Rodrigues de Oliveira e os comparsas estavam gastando a quantia roubada, e disparou contra eles.

Na casa, estava Luciana Teixeira da Silva, mulher de Oliveira e mãe da menina. Ela teria usado a filha de sete anos como estudo contra os tiros de Corrêa, segundo relato da polícia. O tiro acertou Oliveira de raspão e atingiu a cabeça da criança, que morreu na anteontem.

Entre os presos estão Luciana, e o padrasto da menina, Oliveira. Os outros presos são Bruno Vieira da Conceição e Jhonatas Felippe Castilho da Silva.

    Leia tudo sobre: rio de janeiro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG