Presos se rebelam em cadeia do interior do Paraná

PARANÁ - Cerca de 120 detentos da Cadeia Pública de Telêmaco Borba, na região central do Paraná, iniciaram neste domingo uma rebelião. Dois detentos foram agredidos e são mantidos reféns.

Agência Estado |

De acordo com informações da Polícia Civil, a cadeia tem capacidade para abrigar 80 presos, mas hoje conta com pouco mais de 200 detentos, no total. Nenhum funcionário foi ferido.

Dois detentos conseguiram danificar o cadeado de um dos portões e se esconderam atrás de um tambor de lixo. No momento em que o carcereiro, escoltado por um investigador, iniciava a distribuição da comida, a dupla o empurrou. O investigador efetuou disparos para afastar os presos, que iniciaram a rebelião com queima de colchões e de roupas.

As negociações seguem na manhã desta segunda, de acordo com a Polícia Civil. Segundo a corporação, elas foram suspensas na madrugada por questões de segurança. Equipes do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) e da Polícia Militar (PM) permanecem na área, que foi isolada.

Ainda conforme a Polícia Civil, no último dia 10 houve uma fuga de 19 detentos, que cavaram um túnel e fugiram por uma casa vizinha. Deles, oito foram capturados e estariam entre os que iniciaram a rebelião.

Leia mais sobre: rebelião

    Leia tudo sobre: presidiáriosrebelião

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG